terça-feira, 14 de outubro de 2008

"Koinonia"

No N.T. há uma palavra que tem a ver com a idéia básica da comunhão, "koinonia". Ela também é usada para expressar a idéia de comunidade. No grego dos dias de Jesus, "koinonia" tinha três significados distintos: (1) Significava muito comumente uma sociedade comercial; (2) Era usada especialmente a respeito do casamento, duas pessoas se unem no casamento a fim de terem “koinonia de vida”, ou seja, a fim de viverem juntos uma vida em que tudo é compartilhado; (3) Era usada no relacionamento com Deus que o homem mantém. Quando examinamos as associações em que a palavra é usada, chegamos a ver quão ampla é a comunhão que deve caracterizar a vida cristã.
1. Na vida cristã há uma "koinonia" que significa um compartilhar de amizade e uma permanência no convívio dos outros (At. 2: 42). É muito interessante notar que essa amizade é baseada num conhecimento cristão mútuo (1 Jo. 1: 3). Somente aqueles que têm amizade com Cristo podem ser verdadeiros amigos uns dos outros.
2. Na vida cristã há uma "koinonia" que significa uma divisão prática com os que são menos afortunados. Paulo usa a palavra três vezes em conexão com a coleta que levantou nas suas igrejas para os santos pobres de Jerusalém ( Rm. 15:26; 2 Co. 8:4 e 9: 13). A comunhão cristã é uma coisa prática.
3. Na vida cristã há uma "koinonia" que é uma cooperação na obra de Cristo (Fp. 1: 5). Paulo dá graças pela cooperação dos filipenses na obra do evangelho.
4. Na vida cristã há uma "koinonia" na fé. O cristão nunca é uma unidade isolada; é membro de um convívio da fé (Ef. 3: 9).
5. Na vida há uma "koinonia" no Espírito (2 Co 13: 14; Fp. 2: 1). O cristão vive na presença, no convívio, na ajuda e na orientação do Espírito.
6. Na vida cristã há uma "koinonia" com Cristo. Os cristãos são chamados para a "koinonia" de Jesus Cristo, o Filho de Deus (1 Co. 1: 9). Aquela comunhão é achada especialmente na Ceia do Senhor (1 Co. 10: 16). O cálice e o pão são a "koinonia" do corpo e do sangue de Cristo. Na ceia do Senhor, acima de tudo, os cristãos encontram a Cristo e também uns aos outros. Além disso, essa comunhão com Cristo é a comunhão dos seus sofrimentos (Fp. 3: 10). Quando o Cristão sofre, possui, no meio da dor, a alegria de saber que está compartilhando coisas com Cristo.
7. Na vida cristã há a "koinonia" com Deus (1 Jo. 1: 3). Mas deve ser notado que aquela comunhão tem condições éticas, porque não é para aqueles que escolheram andar nas trevas (1 Jo. 1: 6).
A "koinonia" cristã é aquele vínculo que liga os cristãos uns aos outros, a Cristo e a Deus.

Nenhum comentário: